Tarde no Cinema – Vizinhança Violenta?


Não sei quanto a vcs… mas eu acho que finalmente estamos recebendo filmes bons. Assim… não que todos os filmes que entram em cartaz no cinema sejam realmente bons, mas alguns realmente fazem valer a imensa fila que se forma. Dentre estes, posso citar A Rede Social (que, por alguma razão, não foi muito bem recebido aki na minha cidade… bizarro), Tron (que ainda não tive a oportunidade de assistir) e o filme de que falarei hoje.

Imaginem-se na seguinte situação: Você trabalha em um banco. O lugar é agradavel, os funcionários gostam de vc, você está em um cargo bom, tudo está bem. Um dia, uma manhã perfeita, o clima perfeito… 4 mascarados entram pela porta da frente e rendem todos os ocupantes do lugar. Você se vê indefeso, acuado… mas acima de tudo preocupado… afinal, a senha do cofre está sob sua proteção. Sabendo previamente disso, 1 mascarado dirige-se a vc e o manda abrir o cofre. Você abre e eles fazem a limpa. Em seguida, deixam o lugar… levando você como garantia. – Nada agradavel, não eh mesmo?

E assim começa o filme do Tarde no Cinema de hoje. Seu nome? The Town (Atração Perigosa, na versão brasileira).

A historia desenvolve-se em torno de 2 personagens: Doug MacRay (Ben Affleck) e Claire Keesey (Rebecca Hall). – Solteiro, trabalhador braçal, Doug é um tipico morador de Charlestown, cidade localizada no suburbio de Boston. Tipico inclusive nos seus serviços autonomos… Doug é lider de um grupo de assaltantes de banco, famoso por se safar inclusive do FBI. Depois de vários assaltaos, Doug e seus parceiros estão prontos para mais um banco. Tudo corria bem, até que Jem (Jeremy Renner) leva a subgerente (Claire) por precaução. Claire é liberta após algumas horas… mas o medo de que ela possa os reconhecer, por morarem no mesmo bairro, leva o grupo a seguir seus passos. Quem fica responsavel por isso eh ninguem menos que Doug.

Como de inicio não fazia parte do plano levar um refem, Doug sente-se impelido a ajudar a moça, o que leva-o a apaixonar-se por ela. Até ai tudo bem… Mas, aparentemente pela primeira vez, o FBI fecha o cerco sobre o grupo, e Doug vê-se em uma situação muito delicada, sabendo que pode estar pondo em risco a jovem.

The Town, assim como muitos filmes de ação, acerta onde deve acertar, conquistando a atenção do publico… mas, da mesma forma, erra onde todos os outros errarão. Nada é surpreendente nem imprevisivel no filme, mas isso não desmerece o brilhantsmo da direção.

Simples, rapido, bem ambientado, The Town é “grande” durante suas 2h05 de duração. Desde a impactante cena inicial atá seu climax e o desfecho, Ben Affleck (que, alem de dirigir o filme, também atua)  brinda-nos com um filme deslumbrante (que embora peque em alguns detalhes), daqueles que gera comentários animados em rodas de conversa. Um bom filme para assistir no fim de semana. Recomendo.

Anúncios

Sobre Wladimir Araújo Neto

Developer, writer, negative atheist, fascinated by coffee and in love with computing. Podcaster at TambaCast and a New Orleans Saints fan. Desenvolvedor, escritor, ateu negativo, fascinado por café e apaixonado por computação. Podcaster no Tambacast e torcedor do New Orleans Saints.

Publicado em 19/12/2010, em Filmes. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: