Mergulhando nos livros – A “Corrente” Mortal


O ultimo post de Megulhando nos Livros me fez querer revisitar todos os livros que tenho aki em casa. Então, como essa ideia não saia de minha cabeça, resolvi por mãos a obra e fui procurar algum titulo que fosse interessante para falar nesse post. Tal tarefa não é exatamente facil, admito. Alem de eu ter muitos livros (cerca de 102 titulos pela minha ultima conta), há sempre a duvida de que livro chamaria mais atenção caso fosse posto aqui. Isso pois muitos dos livros que tenho realmente merecem estar nesse blog, mas não tenho espaço para coloca-los todos aqui… então tive de escolher um.

Como já era esperado, escolher um não foi, nem de longe, a tarefa mais agradavel do mundo. Fiquei em duvida entre alguns titulos, pois representavam as historias que mais me cativaram. Mas resolvi expor aqui a que mais achei interessante/relevante. Qual? – A Dança da Morte, de Stephen King.

Como é esperado de todo e qualquer livro de Stephen King, o livro apresenta uma historia de conteudo gigantesco. Sao lugares, personagens e acontecimentos o suficiente para criar centenas de sub-historias, sem q nenhuma perca o seu valor literario. Além disso, o ritmo do livro agrada, oferecendo uma leitura saborosa, deixando sempre aquela vontade de saber o que aguarda a pagina seguinte quando paramos de ler para descansar. Imagine entao quando chegamos ao fim do livro… bate aquela angustia de saber que nao tem mais nada pra ler… 😀 nada melhor q isso pra tornar a leitura mais agradavel, alem de fazer com q o leitor aprenda a saborear cada paragrafo.

Imaginem nosso mundo como ele é, exatamente como ele é. Agora imaginem que em algum lugar esteja sendo desenvolvido um vírus mortal, em laboratório. Para todos os efeitos, nao seria grande coisa, desde que esse virus continuasse dentro do laboratório e de lá nao saisse… Mas o que aconteceria se ele conseguisse sair de lá? É essa assombrosa possibilidade o ponta-pé inicial do livro.

Devido a um acidente dentro do laboratório, o virus acaba se espalhando por todo o complexo. Por medida de segurança, todo o lugar começa a se fechar, para evitar que o virus possa sair… mas uma das pessoas que lá trabalham consegue fugir com sua familia (que residia no complexo) e acaba levando o virus consigo. Como já era de se esperar, graças ao efeito do virus, a pessoa morre e causa um acidente na estrada… fazendo com q os curiosos que estavam proximos seja infectados tambem pelo virus… e assim começa a primeira e unica “Corrente” a funcionar (pois, por mais que as de e-mail seja chatas, nunca tiveram uma proliferação tão grande). Uma corrente que viaja levando morte por onde passa, dizimando praticamente toda a vida humana da Terra.

Essa é a primeira parte do livro, que mostra os resultados desastrosos de uma falha de segurança em um laboratório. Tal periodo, representando esses resultados, dura 19 dias… dias suficientes para fazer com que toda a estrutura da sociedade humana passe a ser extinta.

Após a destruição da sociedade humana, começa o longo processo de movimentação, ao estilo nomade, dos poucos sobreviventes. Nos EUA, onde a historia toma lugar, os sobreviventes passam a ter estranhos sonhos envolvendo uma velha senhora, que os guia até onde ela mora. Estranhamente, os mesmos sobreviventes passam a receber mensagens de um estranho ser, uma pessoa de nome Randall Flagg, que os convida para criar um novo mundo. Nesse ponto começa a divisão entre o lado bom e mal de uma nova sociedade.

Como é de se esperar, o “lado bom” fica representado pelas pessoas que vão em direção a velha senhora, e o “lado mal” representado aos que são tentados pelo convite de Randall Flagg. Divididos tanto ideologicamente como geograficamente, ambos os grupos começam a recriar a sociedade, cada uma a sua maneira. Com o tempo, os avanços vão representando uma a outra, riscos, o que ocasiona certos conflitos, muitas vezes implicitios.Esse é o panorama da segunda parte do livro, que narra o destino dos sobreviventes e como estes passam a trabalhar para reerguer o que já foi um da conhecido como Sociedade Humana.

Bom, creio eu que já alonguei-me demais com a historia do livro… o que mais eu contar acabará estragando completamente o prazer de lê-lo. Então é isso. A Dança da Morte é um livro magnifico, que possui tudo o que se pode esperar de um dos grandes épicos de Stephen King. Recomendado a todos os fãs de uma boa leitura.

Leste ou Oeste? A decisão é sua.

Anúncios

Sobre Wladimir Araújo Neto

Developer, writer, negative atheist, fascinated by coffee and in love with computing. Podcaster at TambaCast and a New Orleans Saints fan. Desenvolvedor, escritor, ateu negativo, fascinado por café e apaixonado por computação. Podcaster no Tambacast e torcedor do New Orleans Saints.

Publicado em 16/12/2010, em Livros. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: